09 dezembro 2011

Poesia 2289 - As coisas que vêm do alto

Caem na minha cabeça, as coisas.
Caem
Machucam meus pensamentos
Como pedras
Jogadas em mim...

Caem
Como livros lidos
Como tesouros descobertos
Como planos mirabolantes
Como descobertas...

Caem.
Já consegui segurar algumas coisas
Guardei-as onde caíram, no corpo,
Tranquei-as dentro de mim.
Mas, já deixei escapar tantas outras.
As coisas que caem do alto...

Quem as joga em mim?
Deus?
Jogue mais devagar
Deixe-me escolher melhor
Para não largar tão facilmente...

As coisas!
Coisas
Como grãos de areia
Que escorrem entre meus dedos...

JORGE LEITE DE SIQUEIRA

Nenhum comentário:

Dez mitos sobre dietas

Muitos mitos você com certeza já deve ter ouvido e talvez até possa acreditar, mas o fato é que não correspondem à realidade. Aqui vão ...