08 março 2013

32ª crônica - pronto-socorro



e daí se estou com pressa? e daí se estou nervoso? e daí se estou tenso? e daí se estou atrasado? e daí? e daí?

parei no semáforo. o carro cinza veio em zigzag e parou ao meu lado. sinal vermelho. ele acelerando. acelerando. parecia desesperado para sair. racha? o que ele quer? apostar corrida comigo? mas eu tenho uma pequena moto! ele acelera. acelera. avança a faixa de pedestres. aos poucos. bem devagar. o sinal vermelho. verde para a outra rua. ele avança. acelera. racha? corrida? eu me irrito. muito. acelero. mas não avanço a faixa. espero. sei que a arrancada da moto é mais rápida.

e é o que acontece quando o sinal fica verde.

eu acelero e rapidamente ganho a frente. olho pelo retrovisor e vejo o carro estacionando. o que aconteceu? não era racha? vem, palhaço! vem! não? eu paro numa vaga vazia. espero. o que acontece? vejo o motorista descer. parece sentir dores. ah! olha ali o pronto-socorro! ele vai ao pronto-socorro!

que merda! que idiota eu sou!

preocupado comigo não percebi que o outro poderia estar morrendo. egoísta, não percebi que alguém poderia estar muito doente. e quantos estão assim agora pela manhã? e quantos estão piores do que eu? e quantos estão desesperados a ponto de acelerar e tentar passar no sinal vermelho?

e quantos são idiotas como eu? e quantos são egoístas? e quantos são estúpidos?

não. não sou único. sei que não sou único. mas, espero ter aprendido alguma coisa com isso que me aconteceu hoje. espero. e espero que isso tire esse peso que carrego em meu corpo. esse peso invisível que carrego em minha cabeça. essa dor que me angustia e me deixa irritado por qualquer coisa. espero.

só não suporto esperar sentado.


escrito por jorge leite de siqueira com uma enorme dor de cabeça às 08:00 da manhã.



Nenhum comentário:

Dez mitos sobre dietas

Muitos mitos você com certeza já deve ter ouvido e talvez até possa acreditar, mas o fato é que não correspondem à realidade. Aqui vão ...