03 junho 2013

48ª crônica - lâmina basal

você sabe o que é lâmina basal? a lâmina basal fica entre o tecido epitelial e o tecido conjuntivo. para facilitar, pense assim: existe a pele (tecido epitelial) e a carne (tecido conjuntivo). o que liga um ao outro é a lâmina basal.

legal, né? mas agora você vai me perguntar: o que isso tem a ver com a crônica? nada! eu respondo: nada. mas, vamos falar a respeito.

hoje é terça-feira, está frio, muito frio. choveu o dia todo. aliás, vem chovendo desde domingo. cinco horas da tarde saí do trabalho e vim pra casa. cheguei todo molhado, claro. e tremendo de frio. tirei a roupa, tomei um banho quente, comi uma deliciosa sopa de restos que encontrei na geladeira.

e a crônica? cadê a crônica? calma! eu peço calma! você já vai entender. deixe-me continuar.

depois da sopa, quase seis da tarde, a chuva não para de cair e eu preciso ir à faculdade, tenho prova a fazer. resolvi ir à pé. não é longe.

fui. quarenta e cinco minutos depois cheguei à faculdade. quarenta e cinco minutos de caminhada sob chuva. para chegar à faculdade andando é necessário atravessar uma mini floresta de eucaliptos. de dia, com sol, tudo bem, mas à noite, com chuva? perigoso. mas fui. no escuro fui pisando em poças d'água. horrível. a água vai subindo pelas meias, pela calça, invadindo tudo. frio. muito frio.

quase deu tudo certo. na chegada à faculdade não tive opção e quase mergulhei numa piscina na escadaria. e nada da chuva parar.

cheguei à tempo. prova de biologia. sete e quinze e eu estou sentado esperando o bem(mal)dito professor. ele chega, distribui a prova e dá uma hora e meia de prazo. vamos lá, primeira pergunta: o que é lâmina basal?

tudo bem, respira fundo, jorge, você estudou, sabe essa. não sei. esqueci. mas, convenhamos, estou com quase cinquenta anos, nunca precisei saber o que é lâmina basal. nunca. e agora, todo molhado, morrendo de frio nos pés, pensando nos quarenta e cinco minutos da volta, sob chuva. como eu gostaria de saber o que é lâmina basal.

meu deus! se para ser nutricionista preciso saber isso, estou ferrado. eu não sei. não sei para quê saber. meus deus! para quê?

rascunho umas respostas, entrego a prova e vou-me embora. antes de encarar a trilha perigosa e enlameada encaro a noite que parece quer me surrar.

volto para casa ensopado já pensando em me preparar para o exame de recuperação. só falta cair o que é lâmina basal de novo. lâmina basal. lâmina basal.

para quê eu preciso saber o que é lâmina basal?

escrito por jorge leite de siqueira, depois de acordar no meio da noite, assustado por um pesadelo onde a maldita lâmina basal era um monstro de sete cabeças. lâmina basal.


Nenhum comentário:

Dez mitos sobre dietas

Muitos mitos você com certeza já deve ter ouvido e talvez até possa acreditar, mas o fato é que não correspondem à realidade. Aqui vão ...