08 julho 2013

Férias - 3º dia - Segunda-feira - 08/07/2013

Eu comprei uma lente 70-300 para minha câmera. Encomenda feita, pagamento feito, agora falta a confirmação da entrega. Resolvi, com isso, esperar esta semana pela lente. Se até sexta-feira não chegar eu vou viajar no sábado. Ou melhor, de qualquer forma, mesmo chegando a lente, eu vou viajar no sábado.

A ideia é diminuir aquele roteiro maluco que fiz. Não tenho dinheiro suficiente para viajar por 62 cidades. Então vou viajar por diversas cidades, até o dinheiro acabar.

Enquanto isso, cada dia a partir de amanhã eu vou para uma cidade diferente que ainda não conheço: Analândia amanhã. Mogi-Mirim na quarta. Conchal na quinta. Pirapora do Bom Jesus na sexta.

No sábado eu começo minha viagem a Paraty parando em todas as cidades do caminho. Em breve coloco umas fotos por aqui.

-------------------
 
Por falar em colocar fotos aqui, eu tava pensando em como sou dependente dos outros. De tudo. E também em como estou de saco cheio disso tudo.

Eu fui comprar dorflex para levar na viagem e balbuciei que era muito porque ia viajar. A moça perguntou alguma coisa e expliquei (bem superficialmente) o que eu pretendia (viajar de moto por aí). Ah, comprei vitaminas porque estou de regime e quero perder peso, mas não quero perder força.

Pois é, eu falei isso para a moça (mulher, casada) e ela falou (do nada): do que você está fugindo?

Olha, para quem não pensa essa já é uma pergunta assustadora, agora imagina para mim, que penso demais? Perguntei o que ela queria dizer com aquilo e ela falou que eu estava agindo assim: viajando sem destino, sem segurança, querendo emagrecer muito, mudar de hábitos, etc. Coisas de quem quer fugir de alguma coisa.

E realmente acho que estou fugindo.

Na verdade não estou fugindo, estou querendo mudar, mesmo. Quero ser diferente no que eu acho que tenho de frágil, de ponto fraco. Eu não sei o que eu quero dizer com isso, mas eu quero mudar. Estou intolerante ao extremo e preciso mudar senão minha vida não fará mais sentido do que já não faz.

Fui claro?

Estou emagrecendo bastante pois quero correr. Quero disputar corridas, maratonas, mini maratonas, etc. Quero emagrecer para ter o peso ideal para minha altura: 1:78 m por 79 quilos. É o que diz o manual.

Depois de magro (o que espero que ocorra bem rápido), vou começar um trabalho de academia para fortalecer meus músculos, melhorar a resistência física. Mudei horário de trabalho e agora vou começar no batente às 8 horas. Ou seja, tenho das 6 às 7:30 para ir à academia (3 vezes por semana) e correr (3 vezes por semana).

A partir de então vou me alimentar decentemente. Decentemente, mesmo. Vou evitar esse monte de porcaria que ando comendo: pizza, refrigerante, doces e mais doces, salgados e frituras e mais frituras. Fora o montão de comida. Hummm. É bom, né? Mas acho que a gente não precisa comer tanto para ter prazer. Acho que comer muito até faz mal, tira o prazer. 

Quero comer algumas porcarias, mas com respeito ao meu corpo.

Por falar em respeito, por respeito a mim eu vou deixar de dar satisfação da minha vida a todo mundo. Eu vivo com medo de fazer coisas porque "os outros não vão gostar". Então, preparem-se para um Jorge ainda mais chato.

E quero mudar hábitos culturais, também, mas como ninguém precisa saber disso eu não vou falar sobre isso.

Ah, é bem incoerente eu falar isso tudo e ficar aqui digitando diários, né? Pois aproveitem, é uma forma de despedida.

Por falar nisso, nessas férias eu pretendo mandar as mensagens que tenho que mandar por aqui, meu blog. Pretendo parar com o facebook.

E vou desligar o celular.

Quer falar comigo? Mande um email...

---------------

Diário do Regime:

Hoje comi algumas barrinhas de cereal, tomei um café com leite e 1 1/2 fatias de pão integral. Sem manteiga ou outro complemento. Almocei normal, no restaurante, pagando 4,85 e comendo um pratão, com o detalhe de comer um prato bem "colorido", sem carne ou frituras ou coisas que engordem muito. Daqui a pouco eu tomo outro café com leite e uma fatia de pão para dormir.

Eu me pesei na farmácia e estou com 85,8 kg. Acho que a balança está errada, mas, tudo bem, antes marcar pouco do que marcar noventa, como eu imaginava que estava. Tenho quase seis quilos de gordura pra jogar fora em um mês. Será que dá?

---------------

Não comprei ainda o saco de dormir, para a barraca. 
Troquei a viseira do capacete.
Abasteci. A moto gastou 7,25 litros e fez 201 km. Média de 27,7 km por litro. Bom, tá na média normal.

Escrito por JORGE LEITE DE SIQUEIRA. 18:00 horas.

Nenhum comentário:

Dez mitos sobre dietas

Muitos mitos você com certeza já deve ter ouvido e talvez até possa acreditar, mas o fato é que não correspondem à realidade. Aqui vão ...