15 janeiro 2014

FILOSOFANDO: O PIOR

Estava conversando com amigos nesses últimos dias e me "peguei" observando o negativismo que nos assola. A todos. Eu, também, claro. A nossa mania de falar "o pior é isso", "o ruim é aquilo", "não dá pra fazer por isso e por aquilo". Quantos nãos.

E o que fazer? Qual a solução?

Não sou nenhum expert, se fosse não estaria na pindaíba. Não posso dar conselhos que não sigo, mas posso filosofar sobre fatos. E é isso que quero fazer aqui.

Por exemplo.

Você adora chocolate? Qual foi a última vez que comeu chocolate? Faz tempo. Por quê? Porque faz mal pra saúde, porque engorda, porque é caro, etc.

E daí morre e já era. Que pessimismo, né?

Bem, não precisa comer tanto chocolate assim que te faça engordar. Por falar em engordar, por que a gente engorda? Porque come demais e gasta calorias de menos. Certo. Então se você comer chocolate e for correr, andar, gastar calorias, você não engordará? Entendi. Então comer chocolate não engorda, o que engorda é você ficar aí no facebook, sentadinha sem praticar nenhum exercício. Levantar copo de refrigerante não é exercício. Não. E comer pizza e salgadinho também não é.

A vida é espelho! Tudo o que você faz volta para você.

Uma amiga reclamava de coisas que a impediam de "se completar", digamos assim. E ela adora minhas fotos. Só que ela não vê minhas fotos há alguns dias.

Eu fico pensando:  como posso ser feliz se não procuro o que me faz feliz? 

Eu gosto de assistir filmes mas não assisto porque preciso ler um livro que não me faz feliz. Eu gosto de comer no restaurante da esquina mas como na lanchonete perto do trabalho porque não quero ter o trabalho de andar/dirigir por cinco minutos.

Como ser feliz? Assim não é a resposta certa. Qual a resposta certa? Está nas entrelinhas da vida.

Uma frase legal, boba, mas legal: se a vida só te dá limão, adicione cachaça, açúcar e gelo e faça uma caipirinha.

Às vezes a vida está nos permitindo escolher entre "limões" e "laranjas" e muitas vezes escolhemos os limões por preguiça, desânimo, ou qualquer "doença" que criamos em nossas cabeças.

Bota um comprimido de vitamina aí pra dentro, beba uma porção de guaraná em pó, ligue o som bem alto, grite incomodando os vizinhos, e bola pra frente. A vida quer que sejamos felizes.

Ah, depois vou ensinar como incomodar os outros sendo "bem quietinho". Nisso sou craque.

Jorge Leite de Siqueira

Nenhum comentário:

Dez mitos sobre dietas

Muitos mitos você com certeza já deve ter ouvido e talvez até possa acreditar, mas o fato é que não correspondem à realidade. Aqui vão ...