23 março 2014

Duvido!




Duvido que não se lembre de mim.
Duvido que
Quando vê uma flor
Não se lembre de mim.
Duvido que
Quando ouve um latido
Não se lembre de mim.
Duvido que
Quando lê um poema
Não se lembre de mim.
Duvido até
Que quando escuta o cantar do galo
Fora de hora
Fora de propósito
Não se lembre de mim.
Duvido que
Até
Quando vê outros olhos
Quando beija outras bocas
Quando delira em outros braços
Quando atinge orgasmos
Não se lembre de mim.

Duvido
Que quando tenta se esquecer
De tudo
De todos
Não se lembre
De mim...

JORGE LEITE DE SIQUEIRA

22 março 2014

O Outono



2347 – Outono

I

E o que vejo?
Música que não é música
Voz que não é voz
Som que não é som.
O que é?
Funk!

E as crianças acham-se adultos...

II

Sozinho
Não perco
Não ganho
Apenas
Consolido minha existência...

III

Não me amo.
Não quero mais amá-las.
Dependência infernal dos poetas:
Olhos
Sorrisos
Dor.
E você some sempre na sua própria sombra...

IV

A diferença
É que o Outono daqui
É cinza.

O que às vezes é bom...

V

Sinto-me:
Terreno baldio
Praia deserta
Céu azul.

Tem, mas não consigo ver o lado bom...

JORGE LEITE DE SIQUEIRA

 

Tuíte

Eis que eu ia indo à farmácia comprar dorflex (vício) - quer dizer, eu já vinha voltando - quando um carro de portas abertas me incomodou com o som alto, atrapalhando meu "ace of spades" (motorhead) a todo volume no fone de ouvidos. Mas - e aí é que está o sentido do post - eis que escuto:

...ela fazia medicina e falava alemão e ele ainda nas aulinhas de inglês...

Quase - quase mesmo! - eu peguei na mão do carinha que escutava esta preciosidade e o elogiei pela inteligência - e diferença - e bom gosto. Legião não se ouve assim, escandalosamente, mas o funk devia ter um pouco mais de sonoridade para o engolirmos como música.

"E quem irá dizer que existe razão nas coisas feitas pelo coração?"


21 março 2014

DESTILANDO A VIDA

Você me conheceu
Bêbado
Na sarjeta.
Lembro-me que me deu a mão
Que me levantou
Que me deu banho
Que me vestiu
Mas isso não pode me privar de viver.
Meu sangue
É malte
Envelhecendo
Como em um barril.
E está ficando melhor a cada dia.
Beba-me ao invés de quebrar a garrafa.
Aproveite a destilação da minha existência...

JORGE LEITE DE SIQUEIRA


13 março 2014

Poesia 2345 - O andarilho e os girassóis

Me chame de louco
Não tô nem aí
Talvez seja mesmo
Mas sou livre
E feliz
Apesar de pensar tanto.

Por que sou louco?
Digo-lhe agora
A última loucura que fiz.

Sabe girassol?
Aquela flor.
Aquela semente.
Sabe?
Pois é, fui ao supermercado
E comprei
Um saquinho de meio quilo
Delas, das sementes.

E daí?

Daí que vim pra casa
Jogando pelo caminho
Andarilhando.

Pela praça
Pelo canteiro
Pelas ruas
Pelos caminhos de terra
Pela beira da estrada.

Pra quê?

Porque sou louco
E livro
E posso fazer isso
E fazer o que eu quiser
Seja jogar sementes de girassol
Seja andar pelado na rua.

Sou louco.
Eu posso.

E anteontem choveu.
E ontem choveu também.
E hoje choveu de novo.

E daí?
Daí que daqui há alguns dias
Eu terei girassóis na praça
E no caminho de terra
E na beira da estra
E no canteiro
E nas ruas.

Amarelando a cidade.
Colorindo a cidade.
Alegrando a cidade.

Por quê?
Pra quê?
Pra nada.
Só porque sou louco.
E livre.

E posso...

JORGE LEITE DE SIQUEIRA

(Baseado em fatos reais)

As sementes abaixo foram semeadas no mesmo dia em que espalhei sementes nas ruas. Olha o tamanho em que estão apenas 5 dias após plantadas!!! Imagina nas ruas!!!



09 março 2014

Carnaval 2014

E eis que o Carnaval 2014 é apenas um passado na memória dos nostálgicos. E eu pulei! Pulei pra cima da moto e caí na estrada. Não concretizei os planos iniciais de chegar a Presidente Epitácio (e conhecer o Mato Grosso) mas pilotei por quase mil quilômetros. Foi assim:

Dia 01 de março






Dia 02 de março






Dia 03 de março


Se quiser ver todas as fotos visite meu blog de fotos.
As lentes não mentem.

Poesia - Nunca Imaginei


Nunca imaginei
Que um dia
Por estar bem
Iria te perder.

O que fazer?

Corto uma perna?
Demito-me?

Meu problema
Não é te amar.
Meu problema
É te amar
Mais
Do que a mim mesmo...

JORGE LEITE DE SIQUEIRA

Quer ler minhas outras poesias? 
Visite meu blog de poesias...

Clique Aqui

Dez mitos sobre dietas

Muitos mitos você com certeza já deve ter ouvido e talvez até possa acreditar, mas o fato é que não correspondem à realidade. Aqui vão ...