03 junho 2014

Algumas poesias menos famosas



Poesia 2364 – O cão e o cavalo

O cão ladra,
O cavalo passa.

O cavalo
Elegante
Continua seu trote
Tendo a carroça às costas.

Tento adivinhar o que o cão diz:
- Espera aí, covarde!
- Pula aqui, quadrúpede!
Ou será que brinca:
- Você é grande mas não é dois!
- Vem aqui, filho de uma égua!

Meus pensamentos humanos
– ridiculamente humanos –
Materializam a malícia humana
Em meus pensamentos caninos.

E o cão abana o rabo.
Parece me entender:
Apenas late...

E o cavalo trota...

E eu?
Abaixo a cabeça
Acelero o passo
E vou.

Covardemente saio de fininho de cena...

--------------------------------------------

Poesia 2365 – Estou

Não que eu seja triste
Estou
É diferente.
Mas sou livre
E isso pode ser ruim
Pois há tantos caminhos
Que meus traumas me prendem as asas.
Escravo
De traumas.
Medos. Velhos medos.
Há até o medo de começar a ter medos.

E o fim de quem ama
É a solidão.
Vinícius sussurrou um dia.
E fico só
Sempre só.

E essa espera
(por quê? por quem?)
É o que me tira forças
E me atira forcas.

Sou fraco até para meus pensamentos...

--------------------------------------------
 
Poesia 2366 – Quem atira nunca alcança

Quem?
Atira?
Nunca?
Alcança?
Quem atira nunca alcança...

Era uma vez
Um rio.
Era uma vez
O mar.
É a vez da televisão...

-------------------------------------------- 

Poesia 2367 – Os tristes poetas

Os tristes poetas
Passam as vidas em caos
Amando
Sofrendo
Escrevendo sobre emoções que sentem
Mas fingem não sentir.
Bebem
Acabam-se em beber até os últimos neurônios
E no dão a vida.
Desenterro-os.
Eis-me aqui!
Agora sou poeta
E sou triste
Envenenado por alcoóis
Conversando bêbado
Com livros espalhados no chão.
Que triste somos.

Que triste fim para os poetas...

--------------------------------------------

Poesia 2368 – O grito da carne

Ouço o grito do churrasco.
Lembro-me que ele existe
Não me lembro do paladar.
Deve ser bom
Tenho saudades.
Tenho que me contentar
Com o grito do microondas
Em contagem regressiva
Assando a Lasanha da Seleção.
E dizem que podia ser pior...

--------------------------------------------
  
Poesia 2369 – Com ou sem você

Antes, contigo,
Eu me sentia sozinho.
Agora, sozinho,
Eu não sinto nada.
Eu era você e não sabia...

JORGE LEITE DE SIQUEIRA
 

Nenhum comentário:

Dez mitos sobre dietas

Muitos mitos você com certeza já deve ter ouvido e talvez até possa acreditar, mas o fato é que não correspondem à realidade. Aqui vão ...