23 maio 2017

Vírgulas...

Hoje, no trabalho, com os pensamentos em tantos lugares, fui viajando, viajando, pensando na perda de tempo que é viver. Bem, na verdade tudo começou completamente pelo inverso: resolvi começar a VIVER. Isso mesmo: viver decentemente, fazendo o que quero fazer, etc., etc., etc…

Blá, blá, blá…

Tudo bem, estou fazendo musculação, comecei a correr, vou ter mais saúde. Comecei a comer mais decentemente, estou tomando um complexo vitamínico para ajudar a suprir as carências, até comecei a dormir mais cedo.

Pra quê? Pra que serve eu ter saúde?

Poderei viajar mais, minhas costas vão doer menos quando eu pilotar a moto, terei mais disposição. Conseguirei ir, por exemplo, conhecer uma cidade distante, pela manhã, e voltar à noite. Conseguirei fazer mais coisas pois terei mais saúde.

Pra quê? Pra que conhecer novos lugares?

Vou tirar fotos, gravar filmes, conhecer pessoas. A igreja vai ficar magnífica na foto, vou conseguir mostrar pra todo mundo o meu “olhar fotográfico”. Vou conseguir captar a imagem do pássaro lá longe com minha câmera com superzoom. Vou conseguir saber a história da cidade, o nome do prefeito, as fofocas do padre e do dono da zona.

Pra quê? Pra que serve isso tudo? 

Vou poder postar no Instagram, no Facebook, nos aplicativos virtuais. Nos mesmos aplicativos onde tenho milhares de amigos que não sabem que existo. Terei “curtidas” de pessoas que nem ao menos olharam as fotos com atenção suficiente, nem perceberam que as mesmas estavam de “cabeça pra baixo”, completamente invertidas, erradas.

Pra quê? Pra que ter aplicativos tão inúteis? 

E eu também acabo sendo um amigo ridículo de tanta gente que não merece minha amizade. Eu não vejo nada de ninguém, não curto, não comento, não existo pra eles. E o melhor então é eu ir assistir a um filme, ler um livro, ouvir um jazz.

Pra quê? Pra quer assistir filmes? 

Vão dizer que minha cultura aumentará, meu vocabulário ficará extraordinário, conseguirei falar e escrever com mais qualidade, serei admirado porque farei poesias com mais conteúdo e sensibilidade, escreverei um livro e o colocarei na estante.

Pra quê? Pra que escrever poesias?

Minhas poesias são a minha história, mas quem quer saber a minha história? Meus livros são a minha imaginação, mas quem quer saber o que penso? E se quiserem saber, pra que serviria eu contar os meus desejos, minha vida, minha loucura? Os meus sentimentos morrerão comigo.

Pra que viver?

O final disso tudo é a morte. Uma morte que apagará minha história, que esconderá o rosto de alguém que ninguém sentirá falta, que rabiscará um nome que nunca deveria ter sido escrito, um ser que nunca deveria ter sido gerado, uma alma que nunca deveria ter sido “soprada”.

Falta o fundamento. Falta o motivo. Falta a razão. Falta o sentido.

Viver pra quê? Depois que assisto ao filme fico pensando de que me serviu se não vi graça na história, se não ri das piadas, se não senti medo do sangue. Para quem contarei a história? O que me acresceu a trama? O que admirar se não consigo ver sentido na história romântica que o diretor renomado quis contar?

O mesmo acontece quando leio livros, escuto músicas, converso com pessoas. Existem algumas pessoas que nunca deveriam ter existido, são ridículas. Acho que eles pensam o mesmo de mim. Eu sou ridículo.

Dirão que me falta Deus. Dirão que me falta Esposa. Dirão que é carência. Dirão que é a crise da idade. Dirão que é o trabalho. Dirão que é a falta da família. Dirão tantas asneiras que não saberei o que é verdade e o que é mentira, mesmo sabendo que não existem verdades nem mentiras. Dirão que não tenho motivos para reclamar.

Acho que é isso. Está tudo tão bem que não vejo mais graça em nada. Nem em viver.


Jorge de Siqueira

21 maio 2017

Conselhos de um velho pai

Nesta noite eu acordei, assustado. Acho que era reflexo de algum pesadelo, mas só me lembro de ter sido demitido do emprego e não saber o futuro. Eu me lembro isso, do sonho (ou pesadelo), que eu estava "perdido" porque não tinha "futuro" profissional.

Acordei pensando nos filhos. O mais velho, formado, tem futuro onde quer que esteja, já que fez doutorado em matemática. Não pelo "doutor", mas pela profissão. Onde quer que vá morar será um professor de matemática, no mínimo.

Os outros dois filhos ainda estão em definição do futuro, apesar da idade avançada, academicamente falando.

O sonho me trouxe a realidade de que não sou nada sem a formação acadêmica, e quanto mais velho, pior será. Se eu fosse demitido hoje, o que faria? Todos os empregos que consegui foram através de concursos, ou seja, sou inteligente o suficiente para passar em concursos, mas não me formei.

Mas, quanto mais o tempo passa, quanto mais velho eu fico, mais a minha memória me trai. Estou lento para muitas coisas, mas principalmente no sentido de "paciência" eu estou ridiculamente prejudicado, pois não me concentro em nada, me irrito com pequenos barulhos e o pior é que não consigo me lembrar do que estudo.

E vocês, filhos, ficarão assim também, é inevitável.

A mensagem é: corram atrás, procurem se formar em algo que dê segurança hoje e sempre, aqui e no interior, aí e nas montanhas. Depois vocês podem até arriscar em experiências diversas, realizar os sonhos, brincar de viver, mas enquanto há juventude é bom aproveitar da "saúde".

É simples: sejam como o irmão mais velho ou como seu pai.


05 abril 2017

Dez mitos sobre dietas

Muitos mitos você com certeza já deve ter ouvido e talvez até possa acreditar, mas o fato é que não correspondem à realidade.

Aqui vão 10 dos mais comuns e a verdade por trás da ficção.

1. Dietas com baixas calorias são o melhor modo de perder peso

Uma dieta de baixa calorias irá levar seu corpo ao "modo de fome". Com isso seu metabolismo desacelera e você perde músculos assim que seu corpo começa a usá-los como fonte de energia, e a armazenar gordura ao invés de queimá-la.

Você deve cortar as calorias para perder peso, mas nunca reduzi-las drasticamente.

2. Toda gordura faz mal

A verdade é que o corpo precisa de gordura para funcionar adequadamente, mas você precisa comer o tipo correto. Gordura insaturada é saudável e pode diminuir o LDL - colesterol ruim - e reduzir o risco de doenças cardíacas.

Algumas gorduras saturadas são necessárias para o corpo, mas em excesso pode elevar os níveis de colesterol LDL, diminuir o HDL - bom colesterol - e aumentar o risco de doenças do coração e alguns tipos de câncer.

3. Carboidratos fazem você engordar

O que te faz engordar é comer mais calorias do que seu corpo necessita, sem importar se elas são calorias de carboidratos, gorduras ou proteínas.

Os carboidratos são a fonte primária de energia, então eles precisam ser parte da sua dieta. Mas, algumas pessoas são mais sensíveis a eles do que outras e precisam limitar seu consumo quando estão tentando perder peso.

4. Colesterol proveniente dos alimentos causa alto colesterol no sangue

A verdade é que a maioria do colesterol achado no corpo é produzido no fígado e só uma pequena parte vem do colesterol proveniente dos alimentos.

Contanto que você não tenha uma predisposição para colesterol alto, o colesterol contido nos alimentos terá um efeito mínimo no seu nível de colesterol no sangue.

5. Comer à noite engorda

Isso é um outro mito. A verdade é que não importa a hora que você come, se você não usar todas as calorias que consumiu, seu corpo irá armazená-las como gordura corporal. Se você está menos ativo durante a noite, você precisa comer menos nesse período.

Se você malha na parte da noite, especialmente se faz musculação, precisa certificar-se de comer o suficiente após o treino para recuperar os músculos. Ajuste o quanto você come baseado em quanto de energia você gasta.

6. Pouca gordura ou livre de gordura significa caloria baixa

Mesmo que um grama de gordura contenha 9 calorias e um grama de proteína ou carboidrato contenha somente 4 calorias, não presuma que comidas com pouca ou sem gordura são baixas em calorias também.

Muitos alimentos “livres de gordura” são muito calóricos porque o açúcar e amidos refinados foram adicionados para compensar a gordura perdida. Não olhe apenas o conteúdo de gordura da comida, mas também o número de calorias.

7. Todos os alimentos engordam

Existem alguns alimentos que se destacam por induzir o metabolismo a trabalhar em um ritmo mais acelerado. Esses alimentos são conhecidos como alimentos termogênicos naturais.

As substâncias termogênicas contidas neles têm a capacidade de aumentar a temperatura corporal, acelerando o metabolismo e aumentando a queima de lipídios.

8. A cor marrom equivale a grãos integrais

Só porque uma comida é marrom não significa que contenha grãos integrais. Você precisa olhar o rótulo para ver se trigo e grãos integrais estão listados nos ingredientes.

9. Leite desnatado e com baixa gordura tem menos cálcio do que o leite normal

O leite desnatado e com baixo teor de gordura possui mais cálcio do que o leite normal porque o cálcio é a parte aquosa do leite e não a parte cremosa.

10. Refrigerante diet ajuda a perder peso

Não necessariamente. Pesquisas recentes sugerem fortemente que adoçantes artificiais em refrigerantes diet ou zero podem de fato aumentar seu apetite.

Concluindo, não se engane por nenhum desses mitos. Apegue-se a informações comprovadas para te ajudar a alcançar sua boa forma e objetivos de saúde.


O Que é uma Dieta Detox?

Detox, abreviação de desintoxicação, é o processo natural e constante de neutralizar ou eliminar toxinas do corpo. Toxinas são qualquer coisa que possa potencialmente danificar tecidos do corpo, incluindo resíduos que resultam de atividades celulares normais, como amônia, ácido láctico e homocisteína, e toxinas criadas pelo homem às quais estamos expostos através do ambiente, alimentos e água.

O fígado, intestinos, rins, pulmões, pele, sistemas linfático e sanguíneo trabalham juntos para garantir que as toxinas sejam quimicamente transformadas em compostos menos prejudiciais e excretados do corpo.

O Que é uma Dieta Detox?

Embora desintoxicação seja primariamente pensada como um tratamento para dependência de álcool ou drogas, o termo também é usado para se referir a um programa de dieta, tratamento com ervas e outros métodos de remoção de toxinas ambientais e alimentares do corpo.

Há muitos tipos de dietas detox. Geralmente, uma dieta detox é uma dieta que:

  • Minimiza a quantidade de toxinas ingeridas;
  • Enfatiza alimentos que fornecem as vitaminas, nutrientes e antioxidantes que o corpo precisa para se desintoxicar;
  • Contém alimentos com muitas fibras e água, que unem e eliminam as toxinas ao aumentar a frequência de eliminação de fezes e urina.


Por Que as Pessoas fazem Dietas Detox?

Uma quantidade crescente de pesquisas sugere que muitas das toxinas que ingerimos diariamente através dos alimentos, água e ar podem se acumular nas células de gordura do nosso corpo.

Essas toxinas incluem pesticidas, antibióticos e hormônios, aditivos químicos provenientes das embalagens, produtos de limpeza, detergentes, aditivos alimentares, metais pesados, poluição, drogas e fumaça de cigarro.

Uma dieta deficiente em certos nutrientes também pode prejudicar nossa habilidade natural de nos desintoxicar, o que leva ao acúmulo de toxinas no corpo.

A carga acumulada, chamada de "carga corporal", é suspeita de levar a doenças ligadas a desequilíbrio hormonal, função imune prejudicada, deficiência nutricional e metabolismo ineficiente. Os sinais incluem indigestão, falta de concentração e lentidão, dores de cabeça, mau hálito, fadiga, problemas na pele e dores musculares.

Benefícios

As pessoas frequentemente relatam mais energia, perda de peso, pele mais limpa, bom funcionamento intestinal, melhor digestão, e maior concentração e clareza após uma dieta detox.

Quem Não Deve Fazer uma Dieta Detox?

Mulheres grávidas ou lactantes e crianças não devem fazer uma dieta detox. Pessoas com certas condições como doença renal ou hepática só devem fazer a dieta sob a supervisão de seu médico. Ela não é feita para desintoxicação de álcool ou drogas.

Fadiga, indigestão, tosse, dor muscular e falta de sono podem ser sinais de doenças sérias. Por isso é importante consultar um médico e fazer uma avaliação completa para garantir que certos sintomas não sejam causados por uma condição de saúde que requer tratamento imediato.

Efeitos Colaterais

Um dos efeitos colaterais mais comuns é dor de cabeça nos primeiros dias depois de começar uma dieta detox, geralmente devido à abstinência de cafeína. Por isso, médicos geralmente sugerem que se diminua a quantidade de cafeína ingerida gradualmente antes de começar uma dieta detox. Além disso, algumas pessoas escolhem tirar alguns dias de folga no trabalho para começar a dieta detox ou optam por iniciá-la no fim de semana.

Outros efeitos colaterais incluem diarreia excessiva, o que pode levar a desidratação e perda de eletrólitos. Prisão de ventre pode ocorrer se a pessoa consumir muitas fibras sem aumentar também a ingestão de líquidos. Outros efeitos colaterais podem incluir cansaço, irritabilidade, acne, perda de peso e fome. Qualquer piora dos sintomas ou novos sintomas que ocorra durante uma dieta detox deve ser seguida por uma visita ao médico.

Se a pessoa seguir uma dieta detox muito restritiva por um longo tempo, isso pode resultar em deficiências nutricionais, principalmente de proteínas (algumas dietas detox evitam produtos de origem animal) e cálcio.

Escolher Um Método de Dieta Detox

Planos de dieta detox podem incluir recomendações alimentares, hidroterapia no cólon, ervas, suplementos e exercício.

Praticantes alternativos geralmente recomendam que as pessoas que vão fazer a dieta pela primeira vez escolham um plano de dieta detox suave.


Nervosismo na Mesa de Trabalho: Maneiras Fáceis de Evitar Comer Demais

Nervosismo na Mesa de Trabalho: Maneiras Fáceis de Evitar Comer Demais

O trabalho é um ambiente perigoso para sua cintura. É bem fácil comer demais porque você não está se movimentando tanto, seu trabalho é bem repetitivo e você passa o dia sentado. Parece familiar? Aposto que pelo menos parte dessa situação se aplica a você.

Se sim, essas dicas irão te dar algumas opções de lanches alternativos e dicas para evitar que você coma demais.

1. Primeiro, sempre planeje adiante e traga seus próprios lanches de casa. Com um pré-planejamento você pode escolher as possibilidades mais adequadas;

2. Tome um café da manhã reforçado e saudável. O café da manhã é a refeição mais importante do dia. Você precisa de mais energia pela manhã, então coma mais. Você tem todo o dia para queimar isso. NUNCA PULE O CAFÉ DA MANHÃ, fazer isso é programar o fracasso da sua perda de peso;

3. Deixe seu troco pequeno em casa e leve apenas notas grandes. Isso irá te manter longe das barracas de comidas pouco saudáveis;

4. Seja consistente com sua alimentação. Coma de 5 a 6 refeições pequenas por dia. Confie em mim, assim que começar a fazer isso, nunca mais irá parar. Comer seis refeições pequenas por dia irá impulsionar seu metabolismo, manter sua fome sob controle e manter altos seus níveis de energia;

5. Mantenha um copo de água na mesa perto de você. Beba frequentemente. Sinais de fome podem se confundir com sinais de sede. Ao sentir-se com fome, beba alguns goles de água;

6. Tenha balas de menta na sua mesa. A menta estimula a energia e a digestão - mas tem que chupar a bala e não mordê-la!

7. Masque chiclete de menta. Além do mesmo princípio acima, mantém sua boca ocupada;

8. Tente ficar o mais ativo possível. Você definitivamente não quer ficar pensando em comida o dia todo!

9. Mantenha seus níveis de estresse sob controle. Quando se sentir estressado, tire alguns minutos, feche os olhos e respire!

10. Não se deixe levar pela pressão. Acredite ou não, quando você para de comer fast food, todo mundo irá procurar fazer você ceder à tentação. Isso é porque eles se sentem culpados por você ter a força de vontade para isso e eles não.

11. Beba chás saudáveis como chá verde, chá de ervas, chá mate e chá de Oolong. Eles contem antioxidantes e outros nutrientes feitos para te ajudar na sua jornada para o emagrecimento.




Quais são as boas alternativas de lanches?

1. Pedaços de maçã e manteiga de amêndoa… sim, eu disse manteiga de amêndoa. É muito mais saudável que pasta de amendoim e pode ser encontrada em qualquer lugar;

2. Aipo e manteiga de amêndoa (manteiga de amendoim natural só se você não achar a de amêndoa);

3. Vegetais crus como brócolis, couve flor, pimento vermelha, cenouras, ervilhas e húmus;

4. Pequenas porções de amêndoas cruas, pistache e nozes;

5. Carne de charque light ou peru;

6. Um shake de proteína e fibra (uma porção de Whey protein e outro de fibra (suplemento) misturado em água e gelo, se possível bata no liquidificador);

7. Qualquer fruta crua ou vegetal combinado com uma pequena porção de nozes;

8. Barras de proteína saudáveis… tenha cuidado com elas porque a maioria não é saudável. Certifique-se de ler os ingredientes. Daqui a alguns dias vou te ensinar a escolher a barrinha certa para você;

Seu objetivo é equilibrar os carboidratos, proteínas e gorduras para manter seus níveis de açúcar no sangue normais. Evite a queda de açúcar no sangue, isso suga toda a sua energia do corpo.


Como mencionei antes, o segredo para parar de fazer lanchinhos demais é um bom planejamento. Adicione essas dicas a seu estilo de vida e veja o que acontece!


Sete diretrizes para estabelecer suas metas de forma eficaz

Estabelecer metas precisa ser parte de qualquer programa de boa forma. Metas produzem ações, criam objetivos, motivações e te mantém focado. 

Aqui vão 7 diretrizes para estabelecer suas metas de forma eficaz:

1. Objetivos devem ser específicos

Muitas pessoas estabelecem objetivos vagos como "quero perder peso" ou "quero entrar em forma". Metas vagas assim NÃO GERAM RESULTADOS. As metas devem ser específicas o suficiente para que você saiba exatamente o que está lutando para conseguir. "Quero perder 9 kg em três meses" ou "quero correr 10 km em seis meses" são exemplos de metas específicas.

2. As metas devem ser mensuráveis

Você deve ser capaz de determinar quando você está ou não fazendo progresso visando uma meta e quando você atingiu um objetivo.

3. Metas devem ser um desafio, mas também atingíveis

Muitas pessoas estabelecem metas nada realistas e depois desistem por ficarem frustradas ou sem coragem de continuar. Suas metas devem ser um desafio, mas também possíveis de realizar.

Se você é novato no mundo do fitness, estabeleça metas moderadamente desafiadoras. Você pode sempre estabelecer objetivos mais ambiciosos se alcançar as metas antes do esperado.

4. Metas devem ter intervalo de tempo

Um intervalo de tempo cria um sentido de urgência e te mantém focado no objetivo. Divida suas metas em curto e longo prazo. Uma meta de longo prazo deve cobrir de 3 a 12 meses e ser algo que de fato te motiva, algo fora de alcance no momento, mas que pode ser atingido eventualmente.

Um objetivo de curto prazo deve cobrir de uma semana a um mês e deve te manter motivado e sabendo que está caminhando na direção certa.

5. Metas devem ter emoção

Determinar a razão pela qual você quer atingir um objetivo é importante para você adicionar emoção a ele e quanto mais emoção você tiver, mais motivado ficará. Ficar emocionalmente envolvido com um objetivo fortalece ele no seu subconsciente e te empurra para atingi-lo de uma forma bastante natural.

6. Metas devem ser escritas

Uma meta escrita traz clareza, foco e te dá direção. Uma meta escrita é um lembrete poderoso que você pode usar para se manter no caminho. Comece cada meta escrita com "EU", para deixar mais pessoal.

Escreva sempre de forma positiva e não negativa. Foque no que você quer atingir e não no que quer deixar para trás. Por exemplo, eu quero correr 7km abaixo dos 30 minutos.

7. As metas devem ser lidas regularmente

Ler regularmente uma meta fortalece isso dentro do seu subconsciente. Qualquer ideia fixada nele irá se expressar como comportamento. Coloque lembretes no espelho do seu banheiro, no seu computador, na mesa de trabalho para garantir que as suas metas sejam assimiladas por você.

Como você pode ver, estabelecer metas de forma eficaz não precisa ser difícil ou complicado. Qualquer um pode criar um conjunto forte de metas ao seguir algumas diretrizes básicas.


04 abril 2017

Quatro dicas para você acabar com os desejos por comida.

Quando você está constantemente com fome, a tarefa de escolher os alimentos certos nas horas certas se torna um desafio.

Mantenha-se satisfeito e energizado enquanto come poucas calorias – esse é o segredo para o sucesso a longo prazo na perda de peso.

Aqui vão 4 estratégias para sentir-se satisfeito após uma refeição saudável e se manter assim por mais tempo. Você não só terá mais energia como irá desejar menos comidas e consequentemente comerá menos...

1. Coma alimentos que contenham bastante água. 

Beber água é ótimo e você deve fazer isso durante o dia todo, no entanto isso não fornece a mesma sensação de saciedade de quando você ingere alimentos com alta concentração de água.

Esse é um mecanismo separado no cérebro que controla a fome e a sede. Se o alimento contém água, ele permanecerá no estômago por mais tempo enquanto está sendo digerido, o que fará você comer menos e ficar muito mais tempo satisfeito.

Além disso, alimentos com muita água são naturalmente muito pouco calóricos, fazendo-os ideais para a perda de peso.
Muitas frutas e vegetais contém entre 90% e 98% de água! Os seguintes são alguns dos alimentos mais hidratantes:

Melancia: contém 92% de água e eletrólitos como cálcio, magnésio, potássio e sódio - todos com uma influência positiva no seu metabolismo!

Toranja: contém apenas 30 calorias e é 90% composta de água!

Pepinos: são 96% água e possuem apenas 14 calorias em apenas um copo! 

Cantalupo: é 89% água e contém apenas 27 calorias a cada meio copo! 

Morangos: contém apenas 23 calorias por cada meio copo e são feitos de aproximadamente 92% de água. Além disso, morangos são a quarta fruta mais rica em antioxidantes. 

Brócolis: contém 90% de água e nutrientes “anticâncer” que ajudam a desintoxicar o vasto número de toxinas que encontramos diariamente. Ainda, é uma ótima fonte de fibras!

Você deve ter notado que essas comidas ricas em água são também ricas em carboidratos. 

Por serem naturais e não processadas, sugiro que a porção seja do tamanho aproximado da circunferência do seu punho. Então, uma toranja pequena ou copo de morangos cortados, por exemplo, funciona bem.

2. Acrescente Fibra

A fibra é crucial na perda de peso de várias formas: primeiro, contém apenas 1.5 a 2.5 calorias por grama, enquanto outros carboidratos contém 4 calorias por grama e a gordura 9 calorias por grama. 

Você pode encher seu prato de muitos alimentos ricos em fibras sem se preocupar em estar comendo calorias em excesso. 

Além de ser baixo em calorias, alimentos com muitas fibras te deixam mais satisfeito. A fibra é absorvida mais lentamente do que outros alimentos, o que significa que ficamos com a sensação de satisfação por mais tempo.

Alimentos ricos em fibras são frutas, vegetais, feijões, lentilhas, legumes e grãos integrais naturais. 

Foque em ingerir pelo menos 25-35 gramas por dia para ajudar a reduzir sua ingestão de calorias e te manter satisfeito e energizado por mais tempo. 3. Inclua Proteínas Em Cada Refeição

Uma refeição com carboidratos somente causa queda de açúcar sanguíneo, o que faz com que você se sinta cansado, faminto e fraco. A proteína ajuda a diminuir as chances de isso acontecer e garantir que os carboidratos que você ingere não sejam convertidos em gordura corporal. Além disso ela permite que a energia seja liberada devagar no seu organismo. 

Boas fontes de proteína são carnes magras, peixe, laticínios com pouca gordura, legumes e produtos de soja não processados.

Sua escolha de proteína deve ser aproximadamente o tamanho da palma da sua mão. Por exemplo, um peito de frango tamanho médio. 4. Não deixe de fora as gorduras saudáveis 
No entanto, como a gordura é rica em caloria, é importante comer com moderação... Mas, em pequenas quantidades, ela provê sabor e tem impacto positivo na diminuição da resposta da insulina, assim como a proteína.

Minhas fontes favoritas de gordura saudável são as nozessementes por também serem ótimas fontes de proteína e fibra. 

Outras fontes excelentes são abacateazeitona e salmão.

A fonte de gordura que você escolher deve ser do tamanho do seu dedo. Isso equivale a 5 amêndoas para uma mulher e 7 para um homem. 
 Colocando isto em prática

Agora que você sabe quais alimentos manter para se sentir sem fome ao longo do dia, aqui vão algumas ótimas ideias para combinar todos juntos em um lanche ou refeição de queima de gordura:

1 - Misture um pouco de manteiga de amendoim (gordura saudável), proteína em pó (proteína) com aveia (fibra) e morangos por cima (água);

2 - Molhe pepinos (água) no homus (fibra e gordura saudável) e queijo cottage (proteína); 

3 - Brócolis em banho maria (água e fibra), peito de frango sem pele e sem osso (proteína) com um pouco de óleo de oliva (gordura saudável), vinagre balsâmico enrolado em papel alumínio e preparado como churrasco; 

4 - Uma tigela de iogurte grego (proteína) com pedaços de melancia (água) e sementes de linhaça (fibra e gordura saudável);

Essas refeições irão te fazer se sentir bem disposto e ainda por cima te ajudar a emagrecer e se manter em forma!

Seu humor e energia irão se estabilizar e você não terá aquela sensação de insatisfação. Você terá muito mais autocontrole quando se tratar do que comer e quando comer.


Vírgulas...

Hoje, no trabalho, com os pensamentos em tantos lugares, fui viajando, viajando, pensando na perda de tempo que é viver. Bem, na verdade tu...